Enquete: é viável andar de carro em SP?

Por conta do atropelamento do Antonio Bertolucci, o Estadão publicou a enquete “é viável andar de bicicleta em SP?”. Por sugestão do Thiago Benicchio, diretor da Associação de Ciclistas Urbanos de São Paulo e colaborador eventual do Outras Vias, este blog propõe uma outra enquete, também sobre viabilidade e trânsito em São Paulo.

Ainda sobre a triste tragédia, vale ler os textos:

Por que não foi acidente, no vádebike.org
A brancura das bicicletas, no asbicicletas
Motoristas precisam aprender a dividir o espaço com as bicicletas, na Globo
“É preciso diminuir o límite de velocidade”, na ÉpocaSp
De bicicleta, hoje foi um dia daqueles, no debicicleta
Luto pelo que acreditamos, nas Pedalinas

Anúncios

6 Responses to “Enquete: é viável andar de carro em SP?”


  1. 1 Na Hora do Rush - Diego Aguiar 14/06/2011 às 6:17 pm

    Andar de carro por São Paulo, em boa parte das vezes, é pagar para se estressar e negar a obviedade de que a cidade não comporta mais esse tipo de modal.

  2. 2 Anderson Augusto 14/06/2011 às 6:27 pm

    É viável sim andar pelas ruas da cidade de São Paulo. Utilizo a bike como meio de transporte há quase 10 anos, percorrendo trajetos de 10 a 40 km diários, entre diversas regiões. A viabilidade só depende da força de vontade dos ciclistas, do respeito dos motoristas e do planejamento do Poder Público para colocação de ciclofaixas / ciclovias, além de campanhas de conscientização. Andar de bicicleta em São Paulo não deve ser considerada como uma excentricidade, opção de laser ou como mais um motivo para atrapalhar o trânsito já caótico da metrópole, mas devemos considerar como uma forma de transformação, como por exemplo , diminuição dos índices de poluição, combate ao sedentarismo, forma de “protestar” pela falta de transporte público que atenda a demanda entre outros motivos. Excentricidade sim é aquela do motorista que mora a poucas quadras do trabalho e ao invés de ir a pé, de bike ou de transporte público, tira seu carro da garagem e vive reclamando do tempo que gasta para andar poucos metros. O cislista paulistano precisa urgentemente de espaço, não só entre os veículos, mas entre os meios de comunicação, em meio às secretarias municipais que cuidam dos assuntos Meio Ambiente, Trânsito e Transportes. Parafraseando (supostamente) Fernando Pessoa e lusitanos navegadores: “Pedalar é preciso, Morrer para isso não é preciso!”

  3. 3 Alexandre Cruz 14/06/2011 às 6:30 pm

    Só se estiver à fim de perder tempo na vida…

  4. 4 Daniela Regina Vieira 15/06/2011 às 12:42 pm

    Moro há 11 anos em São Paulo e não me sinto segura para pedalar aqui. Eu fazia todos os trajetos de bike quando morava no interior, além disto pedalava em trilhas pelo menos 1 hora por dia.
    São Paulo precisa de mais educação por parte de todos, pedestres, motoqueiros, motoristas e ciclistas. Infelizmente dias atrás um ciclista quase me atropelou em alta velocidade numa calçada na Av. Indianópolis.
    Imagine eu que sou apaixonada por bike e vivo defendendo os ciclistas como me senti?

  5. 5 Silvia 15/06/2011 às 4:03 pm

    O problema dessas enquetes é que as opções são limitadas. Simplesmente responder sim ou não não serve para mostrar o que há, de fato, por trás da resposta. Eu posso dizer “Sim, desde que haja respeito e punição para motoristas que infringem a lei” ou “Não, porque não há respeito nem punição para motoristas que infringem a lei”. Grande falha do Estadão. A enquete de vocês, no entanto, só tem uma resposta. 🙂

  6. 6 eduardomerge 17/06/2011 às 1:14 am

    Se existe um modal desatualizado em SP no quadrado central formado por dois lados, Rios Pinheiros e Tietê, são os ônibus com rodas de borracha, achando que as faixas da direita são deles… E podem até ser, desde que exista largura racionalmente compatível ! O mal planejamento urbano tambem mata.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Os autores

Daniel Santini é jornalista, tem 31 anos e pedala uma bicicleta vermelha em São Paulo. Também colaboram no blog Gisele Brito e Thiago Benicchio.

Junte-se a 55 outros seguidores

junho 2011
S T Q Q S S D
« maio   jul »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Dica de leitura

compartilhe ideias

Quando uma cidade congestiona é preciso pensar alternativas de trânsito; discutir, dividir caminhos e dialogar. Ocupe este espaço.

Creative Commons License

outras vias no twitter

((o))eco no twitter

((o))ecocidades no twitter

  • Copa do Mundo das áreas protegidas: México. No campo da preservação da natureza os mexicanos jogam bonito. ow.ly/y7eYh 3 years ago
  • Copa do Mundo das áreas protegidas: Irã. Com 1 vitória em Copas, também não vai bem se o assunto é áreas protegidas. ow.ly/y47GD 3 years ago
  • No centro das políticas ambientais brasileiras está o MMA. Entenda qual o seu papel. ow.ly/y47CM 3 years ago
  • Relatório indica lacunas no monitoramento de qualidade do ar. População tem pouca informação sobre emissões. ow.ly/xOLbG 3 years ago
  • Livro mostra como usar integralmente os alimentos e incentiva a redução do lixo orgânico residencial. ow.ly/xGVz6 3 years ago

%d blogueiros gostam disto: