Espero que todos percam para que todos ganhem

Na última sexta-feira (12), eu liguei para o 156 e informei à prefeitura que o buraco na calçada mencionado em um post de 15.10 ainda estava aberto. Na ocasião, o Santini prometeu uma goiabada cascão para quem acertasse o tempo que demoraria para o buraco ser fechado. Na verdade, o buraco é uma boca de lobo que está aberta. Bastaria que alguém da prefeitura viesse, levantasse a tampa e a recolocasse no lugar. Algum cidadão até já fez parte desse trabalho, colocando a tampa de modo a alertar os passantes do perigo.

O prazo dado para o conserto é de 7 dias úteis. Ou seja, expira dia 24, quarta-feira. Até agora nada foi feito e, com isso, por enquanto, o ganhador da maravilhosa lata de goiabada cascão, nosso prêmio para o famigerado bolão, é o André Picardilli, que apostou que nunca o buraco seria tapado.

Um buraco para chamar de meu

Eu adoraria compartilhar com ele ou qualquer outro a goiabada cascão, mas acho que ganharíamos todos se a prefeitura tomasse providências. É claro que o “nosso buraco” é apenas uma  inspiração para posts neste blog, já que as calçadas da cidade são um desconvite a passeios.

Achei interessante a possibilidade de informar a prefeitura sobre o problema. Existe uma certa burocracia – nome, RG, endereço -, talvez excessiva, mas a ligação não toma muito tempo.  Ao final, a atendente, que te chama de munícipe, informa um número de protocolo para que o pedido seja acompanhado. O número do nosso buraco é 9585262. Quem quiser acompanhá-lo, fique à vontade. E quem tiver buracos para informar, não se faça de rogado. Se cada um tiver um buraco para chamar de seu, talvez a prefeitura não queira ficar com a batata quente de protocolos não resolvidos na mão e resolva implantar uma política pública bacana de melhoria das calçadas.

Espero que quarta-feira eu tenha boas novas, assim todos nós desfrutaremos da goiabada cascão (estou apostando que o feliz ganhador vai dividir o prêmio) e de uma calçada segura e saberemos o gostinho da cidadania.

por Gisele Brito

 

Anúncios

1 Response to “Espero que todos percam para que todos ganhem”



  1. 1 Mais próximos do fundo do que do fim do buraco « Outras Vias Trackback em 25/11/2010 às 11:50 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Os autores

Daniel Santini é jornalista, tem 31 anos e pedala uma bicicleta vermelha em São Paulo. Também colaboram no blog Gisele Brito e Thiago Benicchio.

Junte-se a 55 outros seguidores

novembro 2010
S T Q Q S S D
« out   dez »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Dica de leitura

compartilhe ideias

Quando uma cidade congestiona é preciso pensar alternativas de trânsito; discutir, dividir caminhos e dialogar. Ocupe este espaço.

Creative Commons License

outras vias no twitter

((o))eco no twitter

((o))ecocidades no twitter

  • Copa do Mundo das áreas protegidas: México. No campo da preservação da natureza os mexicanos jogam bonito. ow.ly/y7eYh 3 years ago
  • Copa do Mundo das áreas protegidas: Irã. Com 1 vitória em Copas, também não vai bem se o assunto é áreas protegidas. ow.ly/y47GD 3 years ago
  • No centro das políticas ambientais brasileiras está o MMA. Entenda qual o seu papel. ow.ly/y47CM 3 years ago
  • Relatório indica lacunas no monitoramento de qualidade do ar. População tem pouca informação sobre emissões. ow.ly/xOLbG 3 years ago
  • Livro mostra como usar integralmente os alimentos e incentiva a redução do lixo orgânico residencial. ow.ly/xGVz6 3 years ago

%d blogueiros gostam disto: