Mulheres…

São Paulo será uma cidade sensacional para se viver quando todas as mulheres puderem pedalar tranquilas, incluindo senhoras e crianças. Vontade não falta, como você pode ver nos depoimentos de novas ciclistas reunidos abaixo.

A ideia de se considerar a presença de mulheres em bicicletas nas ruas como um indicativo de civilidade e de quão pedalável é uma cidade, veio deste artigo da Scientific American (em inglês), traduzido e debatido no blog das Pedalinas, coletivo feminino de ciclistas de São Paulo.

Os depoimentos abaixo são trechos de relatos publicados pelas Pedalinas.

Foi a primeira vez que tirei minha bicicleta de casa em SP. Pedestre convicta a muitos anos, sempre solidária aos ciclistas e a quem se dispõe a oferecer o que tiver por essa cidade, dei o passo pra oferecer mais um pouco. Desde o momento que saí sozinha pra encontrá-las até a hora de voltar pra casa, a diferença do meu olhar sobre a rua, da minha confiança, compreensão e postura me deixou absolutamente impressionada. Eu saí morrendo de medo, a ponto de quase desistir no caminho, e voltei pronta pra seguir meu fim de semana de bicicleta!”

Luiza Franco, em Missão muito bem cumprida, pedalinas!; )

Sabe aquela sensação gostosa de liberdade quando o vento bate frio em seu rosto e seu sorriso se abre automático, junto de um suspiro profundo? Já sentiu o prazer de ver pessoas te olhando com olhos arregalados de susto e admiração? E um “olho-no-olho”, sem dizer nada, dizendo tudo, e ter a certeza de que a pessoa te entendeu totalmente? Pois é… Isso tudo eu senti quando fui passear com as Pedalinas no último sábado. Além disso, o carinho, o respeito, o apoio e a receptividade das “veteranas”, pessoas que já passaram pela experiência da “primeira vez”, nos deixaram tão à vontade e nos sentindo tão bem-vindas, que entrei já me sentindo parte do grupo. Parabéns pela iniciativa. É assim que se faz um mundo melhor e pretendo ajudá-las nisso!”

Esta foi a minha primeira foto de bicicleta, no dia em que eu descobri que não gostava de andar de bicicleta no parque, nunca gostei muito de bicicleta! Na infância e adolescência minha paixão era por patins! Mas com 26 anos eu descobri a bicicleta como veículo, que pode tornar meus deslocamentos mais agradáveis, muitas vezes mais rápidos do que outros meios de transporte, e principalmente, que me faz chegar aos meus compromissos sempre animada, cheia de disposição e pontualmente! Quem dera tê-la descoberto antes…”

Camila Oliveira, em Bem-vinda à vida

Vale explorar o site com calma e ouvir as Pedalinas.

(clique na imagem para ir para o site das Pedalinas)

Anúncios

4 Responses to “Mulheres…”


  1. 1 Aline Cavalcante 20/08/2010 às 4:13 pm

    massa!! valeu daniellll

  2. 3 Renata Ramos 31/08/2010 às 1:55 pm

    E estamos juntas nessa!

    Adorei!


  1. 1 A emoção da primeira vez com as Pedalinas « Renata Ramos' Blog Trackback em 07/09/2010 às 12:17 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Os autores

Daniel Santini é jornalista, tem 31 anos e pedala uma bicicleta vermelha em São Paulo. Também colaboram no blog Gisele Brito e Thiago Benicchio.

Junte-se a 55 outros seguidores

agosto 2010
S T Q Q S S D
« jul   set »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Dica de leitura

compartilhe ideias

Quando uma cidade congestiona é preciso pensar alternativas de trânsito; discutir, dividir caminhos e dialogar. Ocupe este espaço.

Creative Commons License

outras vias no twitter

((o))eco no twitter

((o))ecocidades no twitter

  • Copa do Mundo das áreas protegidas: México. No campo da preservação da natureza os mexicanos jogam bonito. ow.ly/y7eYh 3 years ago
  • Copa do Mundo das áreas protegidas: Irã. Com 1 vitória em Copas, também não vai bem se o assunto é áreas protegidas. ow.ly/y47GD 3 years ago
  • No centro das políticas ambientais brasileiras está o MMA. Entenda qual o seu papel. ow.ly/y47CM 3 years ago
  • Relatório indica lacunas no monitoramento de qualidade do ar. População tem pouca informação sobre emissões. ow.ly/xOLbG 3 years ago
  • Livro mostra como usar integralmente os alimentos e incentiva a redução do lixo orgânico residencial. ow.ly/xGVz6 3 years ago

%d blogueiros gostam disto: