Combustível e poluição

Difícil respirar hoje em São Paulo. A poluição está tão estranha e densa que a sensação é de que dá para cortar o ar com uma faca. Devo ter comido umas três colheres de poeira no caminho para o trabalho hoje.

Angel Boligan / Mexico

Desenho do mexicano Angel Boligan, primeiro colocado em concurso iraniano de charges sobre água (clique na imagem para ver mais a respeito)

A fumaça dura não é resultado só da secura do ar do inverno paulistano. Pelo contrário, tem relação direta com o sistema de mobilidade atual. O combustível que queimamos mata pessoas, especialmente “idosos acima de 65 anos, crianças abaixo de 5 anos e os mais pobres” – leia mais a respeito no genial “isso não é normal“.

Mancha negra

A poluição aliás, não é só no ar. Dá uma olhada em como está a mancha de petróleo do vazamento da plataforma que explodiu no Golfo do México. Abriram um buraco em águas profundas e agora ninguém consegue fechá-lo. Para alguns, é o maior desastre ambiental da história do planeta.

Nos Estados Unidos, fizeram até um concurso para escolher um novo logo para a empresa British Petroleoum, a responsável pelo vazamento. Há dezenas de opções. Abaixo os meus favoritos (clique nas imagens para ver outros):

Claro que todo mundo precisa de combustível para se mover. Não é possível pensar em deslocamentos sem consumo de energia. Só é preciso refletir sobre qual combustível você quer utilizar no dia-a-dia. As escolhas que fazemos têm relação direta com fatos como a falta de qualidade do ar de São Paulo e o vazamento de petróleo no Golfo do México.

Garrafinha de suco de laranja. Combustível utilizado para ir até o trabalho hoje. (Foto: Daniel Santini)

Anúncios

3 Responses to “Combustível e poluição”


  1. 1 João Paulo Amaral 23/06/2010 às 10:47 am

    Olá Daniel,

    Parabéns pelo blog. Vou acompanhar de perto seus posts.
    Venho discutindo sobre a questão da poluição em São Paulo com alguns especialistas. É realmente preocupante. E não adianta fazer inspeção veicular sendo que existem mais de 20% da frota circulando ilegalmente na cidade de São Paulo, fora os carros que são de fora da cidade e não precisam passar pela inspeção…
    Conheço o diretor do Depto. de Meio Ambiente e Saúde de Berlin que lançou o LEZ (Low Emission Zones – Zonas de Baixa Emissão). Os carros ganham um selo que identificam onde eles podem ou não circular. Em locais com índices de poluição mais críticos os carros mais poluentes são proibidos. Talvez seja um caminho…
    Tem uma entrevista com esse diretor no blog: http://mobilidadesustentavel.blog.uol.com.br/

    Um abraço,

    JP

    • 2 Daniel Santini 06/07/2010 às 6:38 pm

      JP,

      É uma honra tê-lo por perto. Fique à vontade de não só acompanhar como também participar do blog. Seu comentário tinha ficado no filtro de spam, encontrei ele hoje perdido lá dentro.

      Saudações!

  2. 3 @supercarrinho 26/01/2012 às 9:12 pm

    a garrafinha é de plástico. no exit, sometimes. belo post. x


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Os autores

Daniel Santini é jornalista, tem 31 anos e pedala uma bicicleta vermelha em São Paulo. Também colaboram no blog Gisele Brito e Thiago Benicchio.

Junte-se a 55 outros seguidores

junho 2010
S T Q Q S S D
    jul »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Dica de leitura

compartilhe ideias

Quando uma cidade congestiona é preciso pensar alternativas de trânsito; discutir, dividir caminhos e dialogar. Ocupe este espaço.

Creative Commons License

outras vias no twitter

((o))eco no twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

((o))ecocidades no twitter

  • Copa do Mundo das áreas protegidas: México. No campo da preservação da natureza os mexicanos jogam bonito. ow.ly/y7eYh 3 years ago
  • Copa do Mundo das áreas protegidas: Irã. Com 1 vitória em Copas, também não vai bem se o assunto é áreas protegidas. ow.ly/y47GD 3 years ago
  • No centro das políticas ambientais brasileiras está o MMA. Entenda qual o seu papel. ow.ly/y47CM 3 years ago
  • Relatório indica lacunas no monitoramento de qualidade do ar. População tem pouca informação sobre emissões. ow.ly/xOLbG 3 years ago
  • Livro mostra como usar integralmente os alimentos e incentiva a redução do lixo orgânico residencial. ow.ly/xGVz6 3 years ago

%d blogueiros gostam disto: